MTur cria Fórum de Mobilidade e Conectividade Turística

Ministério do Turismo instituiu o Fórum de Mobilidade e Conectividade Turística.

O Ministério do Turismo instituiu na última terça-feira (15.09) o Fórum de Mobilidade e Conectividade Turística que visa discutir e propor políticas e estratégias para aperfeiçoar as ligações que dão acesso a destinos e atrativos turísticos do Brasil. A portaria (veja aquifoi publicada no Diário Oficial da União. 

O Fórum MOB-Tur será composto por diversas áreas da Pasta e coordenado pela Secretaria Nacional de Atração de Investimentos, Parcerias e Concessões do MTur (SNAIC). O grupo poderá, ainda, convidar outras autoridades públicas, lideranças do setor privado e especialistas para contribuírem em reuniões específicas.

O Colegiado terá a função de discutir e propor políticas e estratégias para aperfeiçoar a mobilidade e a conectividade turística no Brasil; consultar autoridades, técnicos relacionados à mobilidade e conectividade turística promover a coesão das ações e programas. Além disso, vai realizar estudos em temas ligado à mobilidade e à conectividade turística e, ainda, observar experiências internacionais no segmento e conhecer as práticas mercadológicas.

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, destacou a relevância do Fórum para que o Turismo se fortaleça, especialmente nesse momento de retomada das atividades. “Essa iniciativa é mais uma medida que o governo do presidente Jair Bolsonaro realiza para cuidar desse setor tão afetado pela pandemia. Quando cuidamos da conectividade e da mobilidade, possibilitamos mais visitantes e, com isso, fazemos com que o Turismo tenha cada vez mais sucesso em nosso Brasil”, afirmou.

Segundo o titular da SNAIC, Lucas Fiuza, o Fórum será responsável por criar projetos que contribuam para o desenvolvimento da conexão logística de deslocamento entre diversos pontos de interesse turístico do país, considerando infraestrutura e serviços, e que permitam maior autonomia aos turistas ao viajarem pelo Brasil. Fiuza ressaltou, ainda, que o foco será no desenvolvimento do turismo rodoviário para fomentar o turismo de proximidade.

“Este é um importante passo para que o turismo doméstico intensifique seu crescimento. É fundamental que as viagens internas sejam realizadas de forma integrada e eficiente. Isso aumenta o fluxo turístico, proporcionando condições para o desenvolvimento econômico do país”, explicou o secretário.

Por Vanessa Castro

Fonte: Ministério do Turismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat